/O que é Inbound Marketing

O que é Inbound Marketing

Se interessou e quer saber mais sobre  Inbound Marketing? Veja abaixo tudo o que eu separei para você!

O que é Inbound Marketing
O que é Inbound Marketing

O que é Inbound Marketing? É qualquer estratégia de marketing que tem como objetivo atrair o interesse das pessoas. Possui como pilares o SEO, marketing de conteúdo e estratégia em redes sociais. Este é um método utilizado por empresas no mundo todo para trabalhar com o marketing digital.

Inbound Marketing tem como ideia principal a criação e compartilhamento de conteúdos voltados para um público-alvo específico e, com esta comunicação, cria um relacionamento duradouro.

Ou seja, ao invés de interromper o potencial cliente, ele é atraído por meio de conteúdo relevante. O objetivo é um relacionamento que ao final deste processo, a pessoa se sinta confiante a ponto de comprar o produto.

Onde surgiu o Inbound Marketing

Apesar de praticado há bastante tempo de maneira inconsciente, o termo Inbound Marketing começou a ser utilizado por Brian Halligan que é cofundador da empresa Hubpost. Quando se pesquisa sobre o assunto, percebe-se que o conceito de Inbound Marketing surge junto do marketing digital. Isto porque, anteriormente, o consumidor não possuía controle sobre o que consumia. Agora, através da internet, isto é altamente possível e acontece o tempo todo.

Neste caso, o Inbound Marketing é como se fosse um imã, que irá atrair clientes através do seu conteúdo.

Por que o Inboung Marketing é melhor do que o Outbound Marketing?

Inbound marketing

Para quem não sabe, Outbound Marketing nada mais é do que o marketing unilateral que estamos acostumados. Veja as vantagens do Inbound Marketing:

  • Mais permissivo;
  • Comunicação em via dupla, permitindo mais diálogo e interação;
  • Custo relativamente baixo com melhores taxas de conversão quando comparado com o Outbound Marketing;
  • Conteúdo mais envolvente: maior engajamento;
  • Possibilidade de acompanhar os resultados em tempo real: se necessário, a estratégia pode ser mudada imediatamente.

Benefícios do Inbound Marketing

Você ainda não se convenceu que o Inbound Marketing é o melhor para sua empresa, independente do tamanho dela? Então veja estes benefícios:

Alcance do público certo: o foco aqui não se trata de várias pessoas, mas sim as pessoas certas que consumirão o seu produto. Isto acarreta em aumento no número de visitantes pelo fato de você ter um público de qualidade.

Aproximação com os clientes: lembra que o Inbound Marketing também é chamado de marketing de atração? Pelas relações formadas com o cliente, é formada uma relação de confiança, da qual seu público está mais aberto às suas dicas e recomendações. Além do mais, esta comunicação aberta permite um feedback diretamente com o consumidor.

Maior persuasão: Com este item, é muito mais fácil vender para alguém que ainda está com dúvidas. O argumento é feito em informações sólidas ao longo do tempo, ou seja, o potencial cliente possui tempo para se convencer e continuar pesquisando e realizar um compra tranquila, sendo decisivo na hora da compra. Aqui entra o poder das mídias sociais: elas aumentam (Muito) o número de clientes.

Ciclo de vendas mais curto: ciclo de vendas é o tempo que a empresa gasta desde o contato inicial até a venda, considerando todas etapas. Com um conteúdo personalizado, a empresa reduz o tempo do ciclo, reduzindo o custo de aquisição também.

Diminuição de custos: além de reduzir os custos de aquisição, o Inbound Marketing também é mais barato que as soluções tradicionais. Estamos falando de uma redução de custos que ainda apresenta um resultado mais eficiente e com menos desperdício de recursos, que pode ser aplicado em táticas mais eficazes, aumentando a estratégia.

Resultados em tempo real: acompanhando os resultados de estratégias, como por exemplo o marketing de conteúdo, SEO e redes sociais, é possível ter dados em tempo real, de maneira rápida e precisa para saber se está funcionando ou não.

Maior Ticket Médio: com leads (Possíveis compradores) qualificados e bem informados, a confiança para realizar a venda é maior, logo, aumentando as chances reais de compra. Sem falar que o Inbound Marketing é uma estratégia segura, uma vez que há o risco menor de vender antes da hora.

Como fazer Inbound Marketing?

Vantagens do inbound marketing

O Inbound Marketing possui quatro etapas:

  1. Atração: se trata de atrair os visitantes certos, chamado de tráfego qualificado. Para isto é utilizado os canais de marketing de conteúdo, blog, site, redes sociais e SEO;
  2. Conversão: uma vez que este leitor/visitante foi atraído, é necessário tranformá-lo em lead (cliente potencial). As ferramentas mais utilizadas são landing pages (Geralmente um material gratuito), formulários, call to action (CTA), CRM (Gestão de relacionamento com o cliente) e CRO (Otimização da taxa de conversão);
  3. Venda: Após você conseguir o lead, você precisa transformá-lo em cliente. Aqui é necessário conhecer esta pessoa melhor, bem como um toque pessoal. As ferramentas mais utilizadas são automação de marketing, email marketing, nutrição de leads e lead scoring (definição de prioridade do time de vendas);
  4. Encantamento: aqui ocorrem duas coisas importantes: a compra do seu produto e a chance desde cliente ser um promotor da sua marca. Com os clientes satisfeitos, é possível que eles comprem mais, recomendando e ser menos suscetíveis aos concorrentes. As ferramentas utilizadas são o sucesso do cliente, relacionamento ativo e conteúdo avançado (Conteúdos específicos e real preocupação)

O funil de vendas e a jornada do cliente

Isto representa todo o processo de decisão, que é exemplificado pelo funil de vendas, que possui três etapas, sendo que a primeira etapa (Onde está a maior parte do público) deve representar 80% do conteúdo e os outros 20% entre meio e fundo. Veja um pouco mais sobre estas etapas:

  • Topo: Aprendizado e descoberta: aqui a pessoa vai tirar dúvidas comuns e aprender conceitos novos. Os conteúdos mais indicados são blogs, publicações em mídias sociais, infográficos e vídeos, entre outros conteúdos fáceis de consumir e compartilhar. Importante ressaltar que não é esta a etapa onde se menciona o produto e/ou serviço;
  • Meio: Consideração e intenção: aqui a pessoa já entendeu melhor sobre o assunto, ou seja, ainda não está pronto para comprar, mas com um bom trabalho, há esta grande possibilidade. Aqui os materiais devem ser mais ricos, como e-mails, ebooks, entre outros;
  • Fundo: Avaliação e decisão: aqui os leads sabem qual a melhor solução. E ele apenas necessita ter certeza de qual produto comprará. Aqui é possível citar o produto diretamente. Depoimentos, blogs corporativos e landing pages de conversão em venda do produto podem ajuda-lo e definir sua escolha.

Como ter certeza que meu Inbound Marketing será bem feito?

Procure empresas de marketing que tenham foco em Inbound Marketing e que apresentem resultados em trabalhos anteriores. Caso queira se arriscar em empresas novas, sem problemas! Mas tenha certeza que seus resultados estão sendo consistentes.

Você gostou desse artigo sobre Inbound Marketing? Acompanhe a próxima matéria onde vou falar sobre o Marketing de Conteúdo.